Diabetes Controlada – Reversão do Diabetes em 21 Dias!

No âmbito do Dia Mundial da Diabetes, que comemorou a quinta-feira, 7 de abril, em vários pontos do país foram o cenário para o desenvolvimento das atividades gratuitas organizadas pela Subsecretaria de Medicina Preventiva e Promoção do ministério da Saúde. O objetivo é compartilhar dicas úteis, promover uma melhor qualidade de vida, e em especial a prevenção da diabetes, já que este ano, a conscientização está centrada na prevenção e cuidado da pessoa que sofrem da doença.

diabetes tipo 2

Estima-Se que, em 2008, cerca de 347 milhões de pessoas em todo o mundo tinham diabetes, doença cuja prevalência tem vindo a aumentar, especialmente nos países de rendimentos baixos e médios.

No continente americano cerca de 62 milhões de pessoas vivem com diabetes, número que triplicou desde 1980 e que constitui a quarta causa de morte na região, depois do infarto, acidente vascular cerebral e demências. Se não forem tomadas medidas, estima-se que quase 110 milhões de pessoas têm diabetes para 2040. No Brasil, estima-se que afeta 10% da população.

O primeiro Relatório Mundial sobre a Diabetes, a Organização Mundial da Saúde (OMS), que se apresenta esta semana em Genebra e na cidade do México, no âmbito do Dia Mundial da Saúde, destaca-se a urgência de intensificar os esforços para prevenir e controlar a diabetes. O relatório destaca a necessidade de implementar políticas que facilitem um estilo de vida saudável e que os sistemas de saúde sejam capazes de diagnosticar, tratar e cuidar das pessoas com diabetes para reverter a tendência atual.

“A melhor maneira de prevenir o diabetes é que as pessoas sigam uma alimentação saudável, evitando, sobretudo, os alimentos ultraprocesados e as bebidas açucaradas, e realizar atividade física regularmente para manter um peso saudável”, disse Bessie F. Etienne, diretora da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), escritório regional para as Américas da OMS.

Na Capital, as ações consistiram em realizar atividades na Praça Da Estação, sob o lema “Vida SEM Diabetes com Alimentação Saudável”, e, no sul, oeste, na escola Revolução de Maio, onde se trabalhou sobre a mesma temática. No oeste, foi realizada uma capacitação sobre educação sexual na Escola Apolo; no Bairro 920 Casas foi realizado um workshop sobre medidas de prevenção contra a Dengue. Enquanto, no CAPS do Bairro Dos Ceibos (500 Vivivendas) uma jornada sobre educação sexual e um workshop sobre Diabetes.

Por outro lado, o Departamento de Educação para a Saúde, realizou atividades na cidade de São Paulo com um grupo de Crianças com atitude saudável. No Hospital, juntos aos pacientes, familiares e público em geral realizados, ioga e aulas de dança como estimulante da atividade física.

“O Dia Mundial da Diabetes oferece a todas as pessoas a oportunidade de participar em atividades que lhes permitem melhorar seus estilos de vida. É importante dentro da área de saúde continuar com as políticas públicas para prevenir esta doença e promover uma vida saudável”, disse Henrique Tolosa, secretário de saúde da prefeitura da Capital.

E acrescenta: “Os maiores de 45 devem ser feitos testes periódicos de jejum, para os propensos a diabetes de tipo 2. A diabetes tipo 2 é uma doença que dura toda a vida (crônica) na qual existe um alto nível de açúcar (glicose) no sangue. A diabetes tipo 2 é a forma mais comum desta doença.

A médica afirmou que não há que esquecer que é a diabetes tipo 1, que ocorre com maior frequência em crianças e adultos jovens, mas pode ocorrer em qualquer idade. Os sintomas podem incluir, muita sede, urinar, sentir muita fome ou fadiga, entre outras.

Por sua vez, reiterou a sociedade a comer de forma saudável, realizar controles períodos em que os médicos e fazer ginástica.

“Há bastante sedentarismo na população de Catamarca, mas devo reconhecer que, com as canchitas e um centro de fitness que se instalaram nos bairros aumentou a atividade física”, disse Toloza.

Com o fim de comemorar a fundação da Organização Mundial de Saúde em 1948 e incentivar governos, organizações e empresas a investir em saúde, que se comemora todos os anos o Dia Mundial da Diabetes.

O objetivo de 2016 é o de aumentar a conscientização a respeito do aumento da diabetes, a promoção de um conjunto de atividades específicas, eficazes e acessíveis para lidar com a doença, com uma prevenção reforçada e atendimento mais eficaz.