Diabetes Controlada – Reversão do Diabetes em 21 Dias!

No âmbito do Dia Mundial da Diabetes, que comemorou a quinta-feira, 7 de abril, em vários pontos do país foram o cenário para o desenvolvimento das atividades gratuitas organizadas pela Subsecretaria de Medicina Preventiva e Promoção do ministério da Saúde. O objetivo é compartilhar dicas úteis, promover uma melhor qualidade de vida, e em especial a prevenção da diabetes, já que este ano, a conscientização está centrada na prevenção e cuidado da pessoa que sofrem da doença.

diabetes tipo 2

Estima-se que, em 2008, cerca de 347 milhões de pessoas em todo o mundo tinham diabetes, doença cuja prevalência tem vindo a aumentar, especialmente nos países de rendimentos baixos e médios.

No continente americano cerca de 62 milhões de pessoas vivem com diabetes, número que triplicou desde 1980 e que constitui a quarta causa de morte na região, depois do infarto, acidente vascular cerebral e demências. Se não forem tomadas medidas, estima-se que quase 110 milhões de pessoas têm diabetes para 2040. No Brasil, estima-se que afeta 10% da população.

O primeiro Relatório Mundial sobre a Diabetes Mellitus, a Organização Mundial da Saúde (OMS), que se apresenta esta semana em Genebra e na cidade do México, no âmbito do Dia Mundial da Saúde, destaca-se a urgência de intensificar os esforços para prevenir e controlar a diabetes. O relatório destaca a necessidade de implementar políticas que facilitem um estilo de vida saudável e que os sistemas de saúde sejam capazes de diagnosticar, tratar e cuidar das pessoas com diabetes para reverter a tendência atual.

“A melhor maneira de prevenir o diabetes é que as pessoas sigam uma alimentação saudável, evitando, sobretudo, os alimentos processados e as bebidas açucaradas, e realizar atividade física regularmente para manter um peso saudável”, disse Bessie F. Etienne, diretora da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), escritório regional para as Américas da OMS.

Diabetes Controlada

Na Capital, as ações consistiram em realizar atividades na Praça Da Estação, sob o lema “Vida SEM Diabetes com Alimentação Saudável”, e, no sul, oeste, na escola Revolução de Maio, onde se trabalhou sobre a mesma temática. No oeste, foi realizada uma capacitação sobre educação sexual na Escola Apolo; no Bairro 920 Casas foi realizado um workshop sobre medidas de prevenção contra a Dengue. Enquanto, no CAPS do Bairro Dos Ceibos (500 Vivivendas) uma jornada sobre educação sexual e um workshop sobre Diabetes.

Por outro lado, o Departamento de Educação para a Saúde, realizou atividades na cidade de São Paulo com um grupo de Crianças com atitude saudável. No Hospital, juntos aos pacientes, familiares e público em geral realizados, ioga e aulas de dança como estimulante da atividade física.

“O Dia Mundial da Diabetes oferece a todas as pessoas a oportunidade de participar em atividades que lhes permitem melhorar seus estilos de vida. É importante dentro da área de saúde continuar com as políticas públicas para prevenir esta doença e promover uma vida saudável”, disse Henrique Tolosa, secretário de saúde da prefeitura da Capital.

E acrescenta: “Os maiores de 45 devem ser feitos testes periódicos de jejum, para os propensos a diabetes de tipo 2. A diabetes tipo 2 é uma doença que dura toda a vida (crônica) na qual existe um alto nível de açúcar (glicose) no sangue. A diabetes tipo 2 é a forma mais comum desta doença.

A médica afirmou que não há que esquecer que é o tipo 1 da doença, que ocorre com maior frequência em crianças e adultos jovens, mas pode ocorrer em qualquer idade. Os sintomas podem incluir, muita sede, urinar, sentir muita fome ou fadiga, entre outras. Além disso, há diversos tipos de complicações como cegueira, já o pé diabético tratamento antecipado pode impedir a amputação do membro.

Por sua vez, reiterou a sociedade a comer de forma saudável, realizar controles períodos em que os médicos e fazer ginástica.

“Há bastante sedentarismo na população de Catamarca, mas devo reconhecer que, com as canchitas e um centro de fitness que se instalaram nos bairros aumentou a atividade física”, disse Toloza.

Com o fim de comemorar a fundação da Organização Mundial de Saúde em 1948 e incentivar governos, organizações e empresas a investir em saúde, que se comemora todos os anos o Dia Mundial da Diabetes.

O objetivo de 2016 é o de aumentar a conscientização a respeito do aumento da doença, a promoção de um conjunto de atividades específicas, eficazes e acessíveis para lidar com a doença, com uma prevenção reforçada e atendimento mais eficaz.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *